A história Parte 1




Ela era uma rapariga triste, até que um dia tudo mudou.
A rapariga tinha cabelos longos castanhos, o seu rosto era redondo, a sua pele era macia como a seda e os seus olhos castanhos demonstravam o grande desejo, que esta tinha de ser feliz.
Esta era uma adolescente como as outras, exteriormente, muitas raparigas a invejavam devido ao facto de ser popular na escola, de ter muitos amigos e de ser das melhores alunas.
O que as pessoas não sabiam, era que a vida desta rapariga apesar de aparentar ser perfeita, de perfeito não tinha nada, porque ela não tinha ninguém que podia confiar na verdade, e por isso sentia-se sozinha.
Um dia, a rapariga estava a passear sozinha num jardim, e viu um rapaz. Nesse instante ela ficou fixada nele, e o rapaz quando a viu sorriu-lhe e foi ter com ela e disse:
-Olá! Tudo bem?
-Olá! Sim e contigo?
-Também! Eu sou o Pedro e tu?
-Eu sou a Maria!
-Vi que estavas muito interessada naquilo que eu estava a fazer.
- Ah! Desculpa! Não era a minha intenção incomodar-te.
-Como é que uma rapariga tão bonita me pode incomodar?! Vem comigo, vou apresentar-te aos meus amigos. Queres vir?
-Sim! Vamos!
A rapariga teve durante toda a tarde com os seus novos amigos, e quem sabe com a sua nova paixão.
Passado alguns dias o rapaz liga-lhe:
-Estou Maria! Tudo bem?
-Sim e contigo?
-Sempre bem! Queria perguntar-te se querias ir amanhã a uma festa que um dos meus amigos vai dar, é preciso levar um par e tu podias ser o meu, se quisesses.
A rapariga antes de responder, mal acreditava no que estava acontecer, o rapaz tinha acabado de a convidar para sair e não se sentia obrigada a nada, nem era para agradar a ninguém, como todas as outras vezes no passado.
-Amanhã? Sim! Terei todo o prazer de ir contigo!-dizendo isto com um grande sorriso na cara.
-Ótimo! Vou buscar-te amanhã as oito sim?
-Sim! Fico a espera.
-Ok! Beijinhos e até amanhã Maria!
-Beijinhos!
Quando ambos desligaram o telefone, estavam muito contentes, por se terem conhecido e esperavam que o futuro lhes tivesse reservado muitas coisas boas.

Continua no meu próximo texto...

Mensagens populares