quinta-feira, 28 de setembro de 2017

Namoro Vs Curtes...

O que preferem mirrors? Namorar ou curtir?
Como já viram hoje o tema pode ser polémico.
Namorar é algo muito bom quando é saudável. Ter alguém ao nosso lado dessa maneira é das melhores sensações que existe. Beijar a pessoa que amamos, carinhos. fazer amor, brincar... 
No entanto, tem os seus pontos negativos. As discussões que poderão surgir, as tristezas, o magoar outra pessoa, o sofrimento do fim da relação...
E curtir?
Apesar de as pessoas estarem a curtir, acho que deve haver um certo respeito. 
Passo a explicar... se o curtir abrange relações sexuais, acho que a outra pessoa não deve ir para a cama com outras. Porém é livre de beijar e de fazer o que lhe bem apetece...
Eu já tive uma destas experiências e de momento estou a ter a outra... e apesar da curte ser mais descontraída eu prefiro mil vezes um namoro... 
Quando amamos alguém infelizmente ficamos cegos. Esse é o maior problema do amor. A cegues.
Curtir com alguém não é aquele sentimento que temos ao beijar a pessoa amada, a fazer sexo... 
É isto hoje...
Espero que tenham gostado.
*Beijinhos da Invisível*

sábado, 23 de setembro de 2017

Desaparece por favor...
Desaparece de todas as maneiras e feitios.
Não basta fisicamente...
O teu fantasma assombra me...
Tenho medo.
Sai!!! Daqui...
Deixas te cicatrizes em mim, como nunca ninguém deixou. 
Deus, porquê?
Mais uma lição de vida?
Ajude-me.
Sinto-me perdida nesta imensidão de sofrimento, de dor... do que seja isto.
Cada vez sei menos.
Será que mereço ser feliz?
Será?
Só tenho azar...
A vida está me constantemente a pôr me à prova.
Eu não tenho um colete de balas para "os tiros" que me deste, vida...
No entanto... Continuo aqui...
Pobre de mim?
*Beijinhos da Invisivel*

domingo, 17 de setembro de 2017

Faculdade

Olá mirrors tudo bem?
Já algum tempo que não escrevo. Tenho tido uns problemas aqui no blogue.
Entrei na faculdade em psicologia.
Estou feliz? 
Depende dos dias... Só sei que vou ter muito trabalho.
O meu trabalho fica muito redobrado porque existem cenas em inglês. 
Digamos que eu não sou muito boa em línguas.
Tenho muito medo que as coisas não me corram bem. 
Esforcei-me durante o secundário todo para ter boas notas... se não for bem sucedida na universidade... vou ficar mal.
Temos que ser positivos nos novos desafios que a vida nos propõe.
Esta semana também vai haver as praxes. Eu pretendo ir um dos dias. 
Só espero ir e não me arrepender.
Quando entrei no 10ºano notei que mudei a nível da minha pessoa.
Eu afirmar que quero ir a um dos dias das praxes, é uma mudança para mim.
Infelizmente há coisas que nunca mudam em mim. 
Cada é um como é.
A vida em certas coisas tem que me dar um empurrão, se não me der a minha timidez... não ajuda nada.
Do que eu estou a falar?
 Talvez seja assunto para o próximo texto.
*Beijinhos da Invisível*

Ninguém é perfeito. Nem eu.  Mas podemos melhorar, por quem amamos ou não?  Sinto-me num beco sem saída alguma.  Não sei o que pens...